MORRE CHADWICK BOSEMAN O PANTERA NEGRA DA MARVEL NOS CINEMAS
Compartilhar no WhatsApp

Morre Chadwick Boseman o PANTERA NEGRA da MARVEL nos Cinemas

Colunas, Notícia

Morre Chadwick Boseman o PANTERA NEGRA da MARVEL nos Cinemas

A manhã do dia 29 de agosto pegou muitos fãs de surpresa com uma nota que anunciava a morte de Chadwick Boseman que deu vida a um dos personagens mais icônicos da Marvel nos cinemas, em 2016 antes mesmo de começar as filmagens de Pantera Negra o ator já havia recebido o diagnóstico de um câncer no cólon, mas Chad não se deixou abalar, e seguiu trabalhando e o resultado como todos nós sabemos é um dos melhores filmes adaptados do universo dos quadrinhos da Marvel. O filme ganhou três prêmios no Oscar 2019 e diversos outros prêmios da crítica e de eventos cinematográficos, levando a história dos povos e tribos africanas e a luta dos negros em busca de espaço no cinema, na música e na cultura pop.

Uma trajetória de lutas e conquistas

MORRE CHADWICK BOSEMAN O PANTERA NEGRA DA MARVEL NOS CINEMAS

Boseman não tinha berço artístico, sua família era de origem simples, e desde muito cedo se dedicou a estudar a arte voltada ao teatro e a cinema. Escreveu sua primeira peça de teatro no último ano da escola, se formou em artes em 2000 em Washington depois estudou em Londres. Voltou para os EUA para se especializar em cinema.

Conseguiu seu primeiro papel importante em 2013 no filme 42 onde reviveu Jackie Robinson o primeiro afrodescendente a conquistar um posição de destaque nos times de elite do beisebol americano no ano de 1947. A partir daí Boseman fez diversos filmes e séries até conseguir seu papel de maior destaque, aquele que colocaria o ator no hall dos maiores e mais aclamados atores do universo da cultura pop e dos filmes de heróis no cinema.

Pantera Negra o primeiro super herói negro da Marvel no cinema

MORRE CHADWICK BOSEMAN O PANTERA NEGRA DA MARVEL NOS CINEMAS

Muito se discutia sobre a representatividade do negro em Hollywood, sempre houve um certo desfavor a atores e histórias que representavam a cultura negra, e muito se falava no “embranquecimento” de personagens, histórias e elencos das produções. Mas Boseman não se deixou intimidar, fez sua primeira aparição em Capitão América Guerra Civil (2016) que serviu para introduzir e apresentar o rei de Wakanda no universo de filmes da Marvel, o filme solo veio dois anos depois e faz parte do UCM (Universo Cinematográfico e Compartilhado da Marvel) o filme foi sucesso de público e crítica e se destacou como uma das maiores bilheterias de filmes de super heróis da história do cinema.

Mas não foi apenas o sucesso do filme que deu destaque ao ator, mas toda a representatividade e notoriedade que a produção trouxe para a cultura afro. Movimento que engajou várias personalidades na luta contra a desigualdade racial, Chadwick trouxe luz e atraiu a atenção de muitos para causas sociais que prestam assistência a crianças e jovens negros em regiões pobres nos EUA.

A morte não é o fim

MORRE CHADWICK BOSEMAN O PANTERA NEGRA DA MARVEL NOS CINEMAS

Talvez uma das falas mais célebres do personagem seja aquela em que ele explica para a Viúva Negra (Scarlet Johanson) no filme Capitão América Guerra Civil sobre a visão que a tribo de Wakanda tem sobre a morte. A cena acontece logo após T’chaka o pai de T’challa (Boseman) morrer em um atentado provocado pelo Soldado Invernal.

Ele diz a Viúva que “Na minha cultura a morte não é o fim, é mais como um impulso, se você esticar os braços Bast e Sekhmet vão te levar aos verdes campos onde você poderá correr para sempre”. E o trecho inicial dessa fala tem sido utilizado por fãs no mundo inteiro como forma de homenagem a Chadwick.

Talvez a maior lição que o ator deixou após 4 anos de luta contra a doença foi de fato a superação, Boseman jamais havia mencionado seu estado de saúde, apenas familiares próximos sabiam da situação, desde o diagnóstico até a sua morte o ator entregou mais de 10 filmes e participou da conclusão épica dos filmes da Marvel no cinema, Vingadores Guerra Infinita e Vingadores Ultimato.

Boseman não desanimou, lutou bravamente, foi guerreiro dentro e fora da cena, inspirou pessoas e influenciou personalidades no mundo inteiro. Seu legado como o Pantera Negra nos cinemas já está eternizado por tudo que ele mostrou ser capaz, mesmo estando em uma batalha constante contra uma doença tão terrível. Descanse em paz rei T’challa, Wakanda pra sempre.

 

 

Por Ricardo França

 

 


Veja Mais sobre Morre Chadwick Boseman o PANTERA NEGRA da MARVEL:

 


Faça parte de nossas redes sociais!

 

Instagram: https://www.instagram.com/cinegoiania/
Facebook: https://www.facebook.com/cinegoiania/
Twitter: https://twitter.com/cinegoiania/
Youtube: https://www.youtube.com/ch…tWiykFA

 









Gostou deste conteúdo?


Preencha seu Nome e E-mail abaixo para receber mais novidades do site

     




     

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *