JÓIAS BRUTAS – Adam Sandler Se Equilibra Entre o Trágico e o Cômico
Compartilhar no WhatsApp

JÓIAS BRUTAS – Adam Sandler Se Equilibra Entre o Trágico e o Cômico

Colunas, Notícia

JÓIAS BRUTAS – Adam Sandler Se Equilibra Entre o Trágico e o Cômico.

Escrito e dirigido Josh e Benny Safdie, surge um eletrizante thriller policial sobre Howard Ratner (Adam Sandler) um carismático e esperto joalheiro de Nova York sempre à procura do próximo grande negócio. Quando ele faz uma série de apostas de risco que podem levá-lo a fortuna, Howard deve arriscar de maneira perigosa, equilibrando negócios, família e atacando adversários por todos os lados, em sua busca incansável por dominar os negócios e se tornar um grande milionário.

Jóias Brutas estabelece uma vibe corajosa e autêntica de uma Nova York que define com sucesso o cenário deste filme. É um retrato de uma cidade que serve como palco de grandes conflitos e interesses ligados a uma subcultura do mundo dos negócios escusos e apostas, explora um pouco da cultura judaica dando um vislumbre de um homem que persegue o sucesso no submundo das apostas e comércio de pedras preciosas, sempre lidando com clientes milionários, esportistas, músicos e rivais do comércio de apostas.

Adam Sandler provavelmente está em uma de suas melhores performances de sua carreira. O papel de Howard Ratner foi perfeito para Sandler, pois ele foi capaz de se estabelecer na persona carismática que o personagem precisava, embora não precisasse ser muito excêntrico, mas, dadas as situações com as quais seu personagem lida, ele encontrou o equilíbrio certo em sua entrega. Ele vende completamente a realidade de que seu personagem é o de alguém falho, levemente frágil, o que nos obriga a sentir pena dele quase a cada momento. Escapando do tipo mais comum que o ator se apresenta o do romântico engraçado e por vezes abobalhado, Sandler esteve diante de seu papel mais difícil, e mesmo com todo o esforço notado ele foi capaz de mostrar algum alcance dentro dos altos e baixos emocionais que seu personagem possui.

Sandler entrega uma atuação sóbria, cheia de camadas, audacioso, ambicioso, amoral. Alguém perdido entre o sucesso e o fracasso

JÓIAS BRUTAS – Adam Sandler Se Equilibra Entre o Trágico e o Cômico

Além do sólido desempenho de Sandler, o longa faz um ótimo trabalho ao capturar o tema do vício mais especificamente através do personagem, este filme nos deu uma boa visão do vício de apostas em jogos. Interessante como eles mostraram os efeitos do vício não apenas em Howard, mas também em sua família, é intrigante ver as consequências e os resultados de suas ações e como cada decisão afeta sua vida, o que torna isso perigosamente atraente quando vemos em primeira mão o quão volátil a vida de um jogador pode ser ao experimentar suas vitórias e perdas.

A trilha sonora dá um tom totalmente dissonante à história, a música sempre é executada em um tom quase que incomodo repleta de sintetizadores e apelos futuristas do new age, com batidas que lembram os filmes de ficção científica como Blade Runner e O Vingador do Futuro, não por acaso a trilha que fez parte de filmes que premeditavam grandes avanços tecnológicos, carros voadores e cidades ultramodernas, usa de uma semiótica para apontar que mesmo após várias décadas o futuro continua sendo decidido pelo dinheiro e pelo poder, e que mesmo em meio a tecnologia o que de fato impera é o status social.

O filme é impulsionado por um sólido desempenho de Adam Sandler em uma história fascinante do vício em jogos de azar, e por mais que esse seja um tema bastante usual acho que o que levou muita gente a assistir a esse filme foi para ver Adam Sandler se arriscar em um papel diferente, e é isso que faz com a experiência seja válida, pois a crescente do personagem no drama caótico é que vai te manter atento até o fim, e mesmo que você não esteja familiarizado com filmes desse tipo, é bom ver como Sandler se reinventou e até os fãs de seus filmes de comédia ainda vão apreciar o trabalho dele.

Foi revigorante ver Adam Sandler em um papel mais sério, e por mais que a crítica tenha esnobado seu trabalho, e que a tão sonhada indicação ao Oscar não tenha acontecido, é importante dar um crédito ao filme.

 

 

Por Ricardo França

 

 


Veja Mais sobre JÓIAS BRUTAS e NetFlix:

  • Saiba mais sobre O Rei (Netflix) – Entre a Cruz e a Espada. Clique aqui!
  • Saiba mais sobre Dois Papas – O Lado Mais Humano de Homens Santos. Clique aqui!
  • Saiba mais sobre História de um Casamento. Clique aqui!
  • Saiba mais sobre O IRLANDÊS – Forma e Conteúdo Em Um Épico da Sétima Arte. Clique aqui!

 


Faça parte de nossas redes sociais!

 

Instagram: https://www.instagram.com/cinegoiania/
Facebook: https://www.facebook.com/cinegoiania/
Twitter: https://twitter.com/cinegoiania/
Youtube: https://www.youtube.com/ch…tWiykFA

 









Gostou deste conteúdo?


Preencha seu Nome e E-mail abaixo para receber mais novidades do site

 




 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *